Fusões em saúde têm maior alta em 20 anos

http://www.valor.com.br/empresas/5373427/fusoes-em-saude-tem-maior-alta-em-20-anos

As fusões e aquisições entre hospitais e laboratórios de análises clínicas tiveram em 2017 o ano mais aquecido das últimas duas décadas, segundo a consultoria KPMG. Desde 1997, foram 210 negócios no setor, dos quais 50 em 2017 e 31 em 2016 – períodos que concentraram mais fusões e aquisições. A liberação de capital estrangeiro no controle das empresas de assistência à saúde ajudou nesse aquecimento.

“Essa mudança abriu uma série de possibilidades para os estrangeiros atuarem em um setor que tem déficit em leitos. Existe oportunidade para consolidação em hospitais, laboratórios de diagnósticos e clínicas oncológicas e oftalmológicas”, disse Luís Motta, sócio da área de fusões e aquisições da KPMG. “As empresas brasileiras também estão se tornando mais competitivas.”

é que se as ofertas públicas iniciais de ações (IPOs, na sigla em inglês) das operadoras de planos de saúde Hapvida e NotreDame Intermédica forem bem-sucedidas, as compras de hospitais e operadoras menores deverão se intensificar.

Viktor Andrade, sócio de transações corporativas da consultoria EY, afirmou que os hospitais passam por um processo de consolidação, que até estava mais lento do que o esperado.

Segundo dados da EY, nos últimos cinco anos os fundos de investimento foram responsáveis só por 5% das transações no setor de saúde. Andrade disse que os fundos estão capitalizados e sofrem pressão dos cotistas para buscar ativos. “Apenas um quarto da população brasileira tem seguro saúde, existe espaço para crescer no mercado”, disse ele, acrescentando que a qualidade pode melhorar.

Para a PwC Brasil, houve 33 operações de fusão e aquisição no setor de saúde no ano passado, 74% a mais que um ano antes no país. O ritmo é mais intenso do que o observado nos demais setores, cuja média de crescimento foi de 8%, com um total de 643 transações. Para 2018, a previsão é de um avanço em torno de 30% na área de saúde, comparado à previsão de alta de 20% nos demais setores, disse Rogério Gollo, sócio da PwC.

Os negócios mais recentes no setor foram as aquisições da Casa de Saúde e Maternidade São Carlos pela Unimed São Carlos, do Hospital Nossa Senhora da Penha pela Beneficência Portuguesa de São Paulo, da Serdil pelo Grupo Fleury e do Hospital Infantil São Camilo pela Unimed Belo Horizonte.


contato@igcp.com.br | +55 11 3815 3533 | Av. Brigadeiro Faria Lima 2277, 6ºandar | São Paulo SP, Brasil | 01452-000

Copyright © 2018 igc partners - Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por: PWI WebStudio